Pesquisa

Atitudes comportamentais.

Atitudes comportamentais
Ficar empoleirada somente com uma perna
Esse é um bom sinal, indica que sua ave está relaxada, em descanso. Apenas aves sadias ficam nessa posição. Geralmente nessa ocasião as aves aproveitam para tirar uma soneca.

Abaixa a cabeça para você
É um comportamento que representa confiança que ela deposita em você, para receber seu carinho. Faça movimentos delicados em sua ave, na cabeça, na região da bochecha, dos ouvidos.

Posição do topete
Pode dizer nos dizer muitas coisas!! Quando a crista está em posição normal, significa que sua calopsita está relaxada e calma. Crista muito ereta, significa atenção; ao contrário, se o penacho estiver abaixado, significa que a ave está concentrada, interessada ao que está em seu redor.

Rangendo o bico
A calopsita tem por hábito ranger o bico (roçar a parte de cima com a parte de baixo do bico) quando estão relaxadas e descansando ou minutos antes de dormir, e tal comportamento não indica que a ave esteja com vermes, conforme costuma-se ouvir a respeito.

As calopsitas são aves muito dóceis e adoram interagir com outras aves e até mesmo com o ser humano. São ativas e brincalhonas, adoram subir, trepar, roer. Vivem pulando de um lado pro outro. Daí a importancia de ter sempre alguns entretenimentos na gaiola para se exercitarem e se distrairem. Se bem tratadas, vivem mais de 20 anos e geralmente morrem de velhice. São fortes e raramente adoecem.
São pássaros que requerem muito tempo e muita atenção, mas isso não significa que você se desfaça dele para adquirir outro pássaro. Você realça sua família com esse pássaro. É muito gratificante ter Calopsitas, elas estão sempre em movimento, alegrando o ambiente. E mesmo sendo adepta a muitas brincadeiras, não costumam ser destrutivas.
Calopsitas podem assobiar e falar. Alguns especialistas dizem que elas podem apenas ou falar ou assobiar e outros especialistas dizem que elas apenas podem assobiar, não conseguindo falar. Mas isso varia de exemplar para exemplar. Algumas pessoas usam fitas cassetes, CDs e programas de computador para ensinar suas calopsitas a falar. É um dos pássaros perfeitos para quem quer uma relação mais íntima com uma ave. São divertidos e leais ao bando, do qual o dono passa a fazer parte.
Extremamente pacífica e dócil, seja com outras aves ou mesmo com seres humanos. Ela não é nada agressiva e se o viveiro não for muito pequeno, convive bem inclusive com aves menores. Mesmo sendo maior que os outros habitantes de um viveiro, a Calopsita não tenta dominar o local, afugentando as outras aves dos poleiros ou ninhos.
Com pessoas, a relação também é amigável e participativa. É um bicho de estimação para toda a família. Elas se apegam às pessoas da casa e normalmente quando as vêem assobiam e se aproximam das grades da gaiola para as observarem de perto e acompanharem atentamente suas atividades. A única recomendação sobre o convívio entre Calopsitas e humanos é em relação à crianças pequenas e pouco acostumadas a lidar com aves. É preciso orientá-las para evitar que machuquem as Calopsitas caso as peguem na mão e também para que não as estressem com atitudes bruscas, como bater no viveiro ou gritar muito alto. Atitudes como essas deixam as aves apavoradas e desconfiadas com pessoas.
Calopsitas adoram assobiar – especialmente os machos. Quando se assobia para uma Calopsita, ela normalmente responde e inicia uma simpática “conversação”. Aprendem até a assobiar músicas. Ainda que não seja o forte da espécie, a Calopsita pode aprender a falar. Com muito treinamento é possível que emita pelo menos algumas palavras.
O estilo dócil e interativo da Calopsita permite que ela tenha um convívio extremamente próximo aos donos. Se acostumada desde pequena ao contato com o homem, ela aceita ser pega na mão e ficar no ombro. Ainda que muitos criadores não recomendem criar a Calopsita solta, pois temem que seja pisada por alguém ou atacada por algum outro bicho, há muita gente que opta por isso, pelo menos por um tempo.
Ativa e brincalhona, a Calopsita parece mesmo ser uma ave feliz. Estão sempre brincando, pulando de um poleiro para outro, subindo na grade ou divertindo-se na banheira. É muito gratificante ter Calopsitas, elas estão sempre em movimento, alegrando o ambiente. Mas, mesmo sendo adepta de muitas brincadeiras, as Calopsitas não costumam ser destrutivas. Diferente de alguns Psitacídeos que roem os poleiros e os brinquedos, a Calopsita não é de estragar os objetos que usa.



Sem comentários:

Enviar um comentário

Mensagens populares

 

blogger templates Caturras e Calopsitas