Pesquisa

Ninho e Reprodução

As calopsitas atingem sua maturidade sexual por volta dos 12 meses. Desta forma é desaconselhável a reprodução com menos idade. Os sinais que suas Calopsitas estão próximas da reprodução são muito claros: cantam mais; estragam objetos; ficam agressivas; ficam saltitantes e o macho começa a procurar materiais para a confecção do ninho.
Antes de fazer planos objetivando a reprodução de suas Calopsitas você terá de pensar em instalações adequadas para tal intento. A opção de gaiola para um casal – 1m X 0,4m X 0,5m (comprimento, largura e altura) é um ótimo começo! Um ninho de madeira do lado de fora compondo uma caixa horizontal com 20 x 20 cm de frente, de preferência com uma entrada redonda e 35 cm de comprimento. Dois poleiros de diâmetros diferentes, variando de 1,5 a 2,5 cm, instalado em quarto ou galpão ventilado, mas sem correntes de ar.
Localização protegida de ventos frios (sul) por paredes, quebra-ventos, cercas vivas etc. e de forma a receber o sol da manhã. Já os viveiros devem ter de 3 x 1 x 2 m para 1 ou 2 casais e de 4 x 3 x 2 m para os filhotes. Podem ser de tijolos de barro rebocados, de alvenaria, de placas de cimento, de blocos de cimento revestidos de argamassa, com cobertura de telhas de cerâmica em 1/3 do viveiro, protegendo os comedouros e ninho, tela galvanizada de cerca de ½ polegada e fio 18. Piso de concreto com escoamento para água.
Dois poleiros de madeira, vasilhas de barro ou louça e uma separada para tomar banho. A ventilação e o recebimento da luz do sol devem ser idênticos aos das gaiolas.


Um casal é formado pela própria escolha das aves. Ter um casal junto não significa obrigatoriamente que eles irão se reproduzir. Embora as chances sejam aumentadas elas não são absolutas. Os casais se formam naturalmente. Após a fecundação da fêmea pelo macho ela irá colocar em média de 4 a 7 ovos no ninho . Não obrigatoriamente todos estarão fecundados.
A fêmea coloca os ovos com um espaçamento de 1 a 2 dias ( em média ) entre eles. E da mesma forma os filhotes não nascerão todos ao mesmo tempo. Após a postura dos ovos os filhotes nascem em um período de 17 a 22 dias . Normalmente os filhotes devem ser separados dos pais com 8 semanas de vida.
A colocação de um ninho próprio para calopsitas ( vendido nas petshops ) fornece o estímulo necessário para a reprodução. Se possível é aconselhável colocar o ninho no lugar mais alto possível. Isto porque, desta forma, estaremos nos aproximando o mais possível do ambiente natural de nidificação na natureza onde as calopsitas criam os ninhos no alto das árvores. Em seu habitat natural, reproduzem na época das chuvas, quando os alimentos são mais abundantes.
O ninho normalmente é feito em buracos já existentes nas árvores, geralmente em eucaliptos próximos à água. Os filhotes com dois meses já comem sozinhos. Em cativeiro, reproduz o ano inteiro (principalmente durante a Primavera e Verão), mas aconselha-se tirar apenas 2 ou 3 ninhadas por ano para não desgastar as aves. Caso queira interromper a reprodução, basta retirar o ninho. As calopsitas podem efetuar sua reprodução o ano inteiro mas é aconselhável deixar que tenham apenas 2 ou 3 ninhadas anuais.
Há um grande desgaste dos pais no tratamento e cuidados dos ovos e filhotes levando-os a uma exaustão caso fiquem efetuando reproduções uma após a outra. Notar que nas épocas de procriação deve ser fornecido milho verde diariamente, sobretudo quando nascerem os filhotes. Procure fornecer também de forma regular ( dia sim , dia não ) as verduras .
A alimentação dos pais também deve ser mais abundante, bem como a oferta de água disponível. Os criadores experientes aconselham deixar sempre à disposição das aves 'banheiras' com água , sobretudo nesta época. Os pais eventualmente procuram esta oferta extra de água até mesmo para auxiliar no nascimento dos filhotes, umedecendo os ovos .
A aplicação de vitaminas também é efetuada por alguns criadores, bem como fornecimento de cálcio extra ( normalmente colocado na água das aves ) .
Porém aves saudáveis e bem alimentadas não têm a necessidade destes complementos. Para que a postura finalize basta que se retire o ninho. É aconselhável então a limpeza do ninho, deixando-o preparado para quando ocorrer a próxima época de postura. Os criadores limpam os ninhos e o desinfetam com álcool , deixando-o secar naturalmente. Tem-se observado que normalmente épocas secas tendem a fornecer menos ovos galados , mesmo embora os pais estejam saudáveis e sejam prolíficos.
Os pais, na época da reprodução, podem ficar mais arredios ( mesmo se forem calopsitas mansas ) e mesmo agressivos. Isto é natural devido ao seu instinto básico de cuidado e proteção das crias. Sempre é bom lembrarmos disto ao tormarmos alguma bicada inesperada. É aconselhável deixar o ninho em um lugar tranqüilo , dando uma sensação um pouco maior de proteção. Por vezes é observado um comportamento diferente dos pais abrindo as asas e ameaçando bicar, tal qual uma águia preparada para atacar. Nestas épocas o simples barulho à noite pode ocarretar este comportamento.
Se efetuarmos a alimentação dos filhotes na mão acabamos por amansá-los naturalmente. Também é normal que os machos, nestes períodos, diminuam bastante o canto. A maioria simplesmente para de cantar. Na natureza o fato de permanecer em silêncio quando se está com filhotes acaba por ser um fator a mais na proteção das crias. Embora nossas aves estejam livres dos perigos naturais o comportamento dos pais permanece, por instinto.
Você também poderá reparar que a Calopsita é uma ótima mãe. Nunca rejeitam chocar os ovos ou cuidar dos filhotes ou transferir ao dono parte das tarefas da maternidade como acontece com muitos pássaros de cativeiro. Muito pelo contrário. Todos estes fatos fazem da Calopsita um animal extremamente fácil de se reproduzir em cativeiros. Elas se reproduzem tanto em viveiros coletivos (com outros casais ou espécies diferentes) como também como apenas um casal no ambiente. Esta última opção é a mais simples e, portanto, a mais recomendada. Uma dica interessante é que você forneça palha para com que a fêmea possa montar o ninho evitando-se assim desta forma possíveis danos aos ovos.
Os pais revezam-se constantemente durante a incubação, e também em conjunto cuidam dos filhotes após o nascimento. E justamente quando os ovos finalmente descascarem é que você deverá fornecer diariamente milho verde, pão molhado e osso de siba. Os filhotes são ocultados pelos pais durante os primeiros 10 dias é aconselhável que contenha a sua curiosidade e que não tente os ver durante este período, até mesmo porquê, após 3 semanas eles começarão a explorar a gaiola. Fique tranqüilo, normalmente os pais conseguem cuidar sozinho de seus filhotes, sendo suficiente oferecer os alimentos adequados, porém, às vezes isto não acontece.
Então você mesmo poderá alimentá-los. Isto requer paciência e carinho, mas traz resultados bastante gratificantes e é justamente por isso que você deverá ficar atento se os pais estão ou não os alimentando. Para tanto bastará você acomodar os filhotinhos em uma caixa forrada com papel, pano e guardanapos de papel (que deverão ser trocados periodicamente). Cuide para mantê-los aquecidos. Não use estopa, pois os fiapos poderão eventualmente machucar os frágeis olhos deles! Com uma seringa descartável de 10 ml (sem a agulha), remova a parte externa que protege o bico da seringa, e alimente os alimente.
O ritual de acasalamento se dá com o macho se exibindo para a fêmea, levantando a abaixando a crista, cantando e abrindo as asas. Então ele entra no ninho e a fêmea o segue. Durante cinco ou dez minutos, o macho esfrega a cloaca na da fêmea, que emite um som contínuo e baixo. É muito comum este ritual prosseguir por vários dias. A postura costuma se iniciar de uma a duas semanas após a união do casal. O macho deve permanecer com a fêmea, pois a ajuda a cuidar dos ovos e dos filhotes.

44 comentários:

  1. olá, eu estou a pensar fazer criaçao de caturras , mas tenho uma dvida durante a altura de acasalamento e enquanto estao a cuidar os filhotes eu posso tirar os pais para fora da gaiola ? eu tenho sempre muita afinadade com os meus animais já tive uma caturra infelizmente morreu e ela andava sempre á solta , se decidir fazer criaçao posso tomar essa atitude tambem?

    obrigada,

    ResponderEliminar
  2. Ola Maria... durante a fase de acasalamento, não vejo problemas em vc tirar um pouco as aves do ninho, mas qdo começam as posturas e os filhotes nascem, os pais ficam protegendo os ovinhos, e saem pouco da gaiola.
    É normal que eles se dediquem ao ninho e quase nunca saia... Tome cuidado apenas pra que os ovinhos não fiquem sem um dos pais, por causa do choco.
    E se as aves quiserem carinho e companhia, não as prive disso.
    Mas a natureza é sábia, e vc verá que elas vão dar mais atenção ao ninho.

    ResponderEliminar
  3. boas pessoal, se for possivel gostava de perguntar se alguem me sabe dizer a k temperatura devem estar os ovos quando chocados artificialmente,pois eu tenho um casal de caturras k fez a postura e ela chocou durante 2 semanas e depois abandonu o choco...nao sei o k se passou e eu estou a tentar salvar os ovos mas nao sei a temperatura para os colocar...desde ja muito obrigado a todos os k de alguma maneira contribuem para k as nossas amigas "caturras tenham uma vida melhor e com mais qualidade,,,obrigado

    ResponderEliminar
  4. Olá Carlos, segundo tenho visto em minhas pesquias, o ideal é temperatura em torno de 38ºC e umidade 80%.
    Mas não tenho certeza absoluta, pois nunca fiz uso de encubadoras.
    Dê uma olhadinha nesse site, talvez ajude. Abraços.

    http://www.avedomestica.com.br/site/index.php?option=com_content&task=view&id=1703&Itemid=164

    ResponderEliminar
  5. Ola eu queria saber como e que as caturras acasalam e como vemos que estaõ gravida.

    ResponderEliminar
  6. Ola eu tenho um casal de caturras e queria saber como e que as caturras acasalam e como sabemos que esta gravida.

    ResponderEliminar
  7. Olá, eu tenho uma casal de caturras: a fêmea tem + ou - um ano (é a primeira vez de deposita ovos no ninho) e o macho tem 2 anos. A fêmea não quer ir para dentro do ninho para aquecer os ovos mas o macho tenta pô-la lá dentro mas sem êxito volta lá para dentro. O quê que eu posso fazer para o macho não ficar exausto? É que a fêmea parece que só quer brincar! Por favor, dêem-me dicas!

    ResponderEliminar
  8. Olá Mônica... com 1 ano a caturra fêmea já está em idade de reprodução, mas muitas vezes ainda é imatura, ou o simples fato de ter o ninho a incentiva a postura de ovos mesmo sem estarem preparados.
    Isso que vc diz tbm já aconteceu comigo. O macho passava mais tempo dentro do ninho e a fêmea, sempre que saia, o macho a chamava insistentemente pra chocar.
    Mas não tive problemas qto ao fato dos filhostes.
    Nasceram bem, eles alimentaram normalmente e hj são saudáveis.
    Tbm notei, pelos meus, que o macho é mais dedicado qto a chocar.
    Pode ser o caso do seu... Se ele está chocando, já é bom sinal, ao menos sabemos que os ovos não ficam frios.
    Não mexa muito no ninho, pra que ela não saia... Mante-nos informados.

    ResponderEliminar
  9. Tenho um casal de caturras, uma fêmea arlequim e talvez um macho Fulvo eles quando se conheceram picaram - se e agora também se picam outra vês pus o ninho à uma semana conheceram-se à um mês. A fêmea durante uma semana teve com um macho que infelizmente morreu com a doença da faca e o macho comprei e estava junto com uma fêmea Prata que começou a berrar alto quando o tiraram da gaiola. será normal abrirem a boca uma para a outra tipo a picarem-se mas não picam-se e picarem um baloiço e ate desmancha-lo e não estarem no ninho ? não sei se já tem um ano.

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde Eu susana ferreira tenho um casal e caturras e cada vez que meto o ninho na gaiola o macho fica agressivo com a femea que devo fazer para ele ficar amigavel com ela.

    ResponderEliminar
  11. Estou a criar duas caturras à mão.
    Corre tudo normalmente e aparentemente saudáveis, têm quatro semanas e estão a ficar com penas.
    Desconheço e peço ajuda, na data e modo da mudança de alimentação da papa para as sementes.Antecipadamente agradecido
    Francisco Marques

    ResponderEliminar
  12. Olá Antônio... vc pode comprar aquelas palhinhas, tipo pó de serradura que usam pros hamster..
    Nas lojas de animais vc encontra e é baratinho. Tbm encontrará na mesma loja o ninho, que tem tamanho específico pras caturras.

    ResponderEliminar
  13. Olá Antônio... vc pode comprar aquelas palhinhas, tipo pó de serradura que usam pros hamster..
    Nas lojas de animais vc encontra e é baratinho. Tbm encontrará na mesma loja o ninho, que tem tamanho específico pras caturras.

    ResponderEliminar
  14. Olá Francisco... As calopsitas começam comer sementinhas rápido, mesmo assim é ideal que vc continue a papinha por uns tempos, até ter certeza de que elas já estão comendo bem as sementinhas.
    Vc pode comprar sementes próprias pra caturras em lojas veterinárias, ou mesmo em grandes supermercados tbm encontrará.
    Com o tempo, vai diminuindo a papinha e assim elas comerão mais sementes e logo deixará a papa.
    Com 2 meses elas já devem estar comendo sementinhas normalmente. Faça a troca aos poucos. Logo ela deixará a papa. Tbm pode ir oferecendo folhas (espinafre, rúcula, couve... menos alface), e tbm fruta... maçã, banana.

    ResponderEliminar
  15. Olá Francisco... As calopsitas começam comer sementinhas rápido, mesmo assim é ideal que vc continue a papinha por uns tempos, até ter certeza de que elas já estão comendo bem as sementinhas.
    Vc pode comprar sementes próprias pra caturras em lojas veterinárias, ou mesmo em grandes supermercados tbm encontrará.
    Com o tempo, vai diminuindo a papinha e assim elas comerão mais sementes e logo deixará a papa.
    Com 2 meses elas já devem estar comendo sementinhas normalmente. Faça a troca aos poucos. Logo ela deixará a papa. Tbm pode ir oferecendo folhas (espinafre, rúcula, couve... menos alface), e tbm fruta... maçã, banana.

    ResponderEliminar
  16. Obrigado pela informação.Darei notícias sobre a evolução das caturras
    Francisco Marques

    ResponderEliminar
  17. Tenho um casal de caturras, uma fêmea arlequim e talvez um macho Fulvo eles quando se conheceram picaram - se e agora também se picam outra vês pus o ninho à uma semana conheceram-se à um mês. A fêmea durante uma semana teve com um macho que infelizmente morreu com a doença da faca e o macho comprei e estava junto com uma fêmea Prata que começou a berrar alto quando o tiraram da gaiola. será normal abrirem a boca uma para a outra tipo a picarem-se mas não picam-se e picarem um baloiço e ate desmancha-lo e não estarem no ninho ? não sei se já tem um ano.

    ResponderEliminar
  18. Boa tarde, tenho um casal de Caturras há 1 mês num viveiro grande juntamente com um Melro que criei desde pequenino, e há 7 dias atrás a Caturra fêmea pôs um ovo no chão, eu não a vi pôr apenas vi o ovo no chão, e ontem voltou a pôr o 2º ovo no chão, o chão do viveiro é coberto com relva artificial, a fêmea não liga muito ao macho o macho é mais interessado nela que ela nele e pus há 5 dias um ninho mas também ela não liga muito ao ninho. A minha pergunta é porque ela está a pôr os ovos no chão se já tem um ninho para isso?

    ResponderEliminar
  19. Minhas caturras continuam saudáveis e comilonas.
    Já começam a debicar uns pedaçinhos de maça e banana.
    Quanto às sementes, penso que hoje já iniciaram a prova. Parece-me que estão no bom caminho.
    Saudações
    Francisco Marques

    ResponderEliminar
  20. Olá,tenho um casal de caturras mas são muitoagressivas,o que fazer para amanssalas?

    ResponderEliminar
  21. Pedro Terrinha... Pode ser que ela seja ainda novinha, isso pode acontecer... E tbm já aconteceu com as caturras de uma amiga minha, e não vingou nenhum ovinho...
    Geralmente o macho é quem entra primeiro no ninho e começa organizar, depois a fêmea tbm toma a iniciativa e tbm entra...
    Não aconselho colocar o ninho logo cedo na gaiola, deixo primeiro as aves se acostumarem uma com a outra e espero notar interesse um pelo outro. Prefiro não atropelar a natureza e nem forçar a reprodução. Penso que das duas hipóteses, deve ser uma: ou sua caturra é muito novinha, ou ainda não estava interessada em reprodução. Mas já agora, não retire o ninho, pode ser que eles resolvam entrar. Obrigada.

    ResponderEliminar
  22. Olá Francisco Marques... Grandes notícias... Elas já estão grandinhas, e com certeza logo começam comer sementinhas sozinha... Estás mesmo num ótimo caminho. Qdo elas começarem comer sozinhas, ninguem mas as segura..
    Abraços.

    ResponderEliminar
  23. Disse a 24 de Junho, que as minhas caturras estariam a iniciar a alimentação à base de sementes. Estava de todo enganado. Até hoje tenho-lhes sempre disponível mistura própria para caturras, levam muito tempo debicando mas de concreto ainda nada comem, excepto papa e fruta. Deixo-as ficar 5 ou 6 horas sem comer, piam com fome, mas quando as tiro da gaiola estão de papao vazio. Se houver alguma dica que possa ajudar, agradeço. Informo que estão lindas e de saúde, deixo-as num compartimento da casa, chamo-as e vem de imediato para o meu dedo. Porque facilitei, uma já esteve fugida durante 24 horas num jardim próximo, mas apanhei-a com relativa facidade. Também gostaria de saber outas experiências de caturras cujos donos as deixem voar por alguns periodos de tempo, em perfeita liberdade. Obrigado
    Francisco Marques
    Alvito - Alentejo

    ResponderEliminar
  24. Olá Francisco... Elas são mesmo preguiçosas pra comer sozinhas... Muitas vezes, mesmo já comendo de tudo, ainda pedem comida... Acho que vc está indo no caminho certo. Mas qdo notar que elas estão pedindo comida, antes de oferecer a papinha, ofereça sementinhas em sua mão, ou as coloque próximo às sementes... Vc tbm pode comprar um tipo de farinhada granulada e com pedaços de frutas e sementes, e deixar na gaiola pra elas comerem ser ser na seringa. Os meus mais novos já tem mais de 2 anos, e vez ou outra compro essa farinhada pra eles, pois contem muitas vitaminas.
    Bas lojas de animais vc compra no peso... Peça farinhada pra crias... Ela tem vários pedacinhos farelados, e as aves adoram. Tbm já comprei no El Corte Inglés, um que agora não recordo o nome, mas assim que eu lembrar te mostro aqui em foto...
    Qto às aves soltas, tenho medo... Me custa imaginar que elas voem e não voltem, principalmente estando tão apegadas a nós, e ainda sendo tão dependentes em relação à comida.
    Sei de muitos casos de pessoas que experimentaram, achando que elas voltariam pra casa, e nunca mais as viram. Prefiro não apelar pra sorte e as ter em segurança em casa.
    Tbm sou contra aparar as peninhas... Gosto que elas voem, mas em casa... As minhas aves passam as manhãs soltas em casa, voam pra todo lado, mas qdo a fome aperta, sabem o caminho do viveiro... entram, comem, bebem água, e já sobem pros poleiros pra descansarem.... e ali ficam.. Então fecho o viveiro, e só no outro dia as solto novamente.
    As caturras habituam-se às rotinas.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  25. Obrigado pelos esclarecimentos que me foram proveitosos. Adianto, que fiquei contente ao ver hoje cascas das sementes no fundo da gaiola.
    Comprei ainda ontem em Lisboa essa papa com sementes, que lhe ofereci demolhada numa caneca, e elas comeram com satisfação.
    Francisco Marques

    ResponderEliminar
  26. Muito bem... Logo deixam de pedir comidinha no bico.. Com o passar do tempo, caso queiras, podes oferecer essa mesma farinhada às caturras mesmo secas. Essa farinhada tem pedaços que elas adoram. Ainda compro e dou as minhas, ao menos uma vez por semana. Sempre são mais vitaminas que elas ingerem.
    Tbm podes oferecer pão seco, duro. Deixes um pão endurecer em local ambiente, qdo tiver completamente seco e duro deixe na gaiola que elas devoram.
    Além das sementes, intercalo durante a semana folhas, frutas, pão e farinhada...
    Sempre são mais opções para elas não ficarem só nas sementinhas.
    Até breve.

    ResponderEliminar
  27. Boa noite. Estou contente pois minhas caturras ja comem naturalmente sozinhas.
    Adoram a papa seca, fruta e beldruegas, que agora ja estao a tomar sementes que elas devoram com gosto. Ja esvoaçam lidamente pelas casas e veem ao chamamento para o dedo.
    Penso iniciar o ensinamento de assobiar uma musica. Se souberem algumas dicas que queiram ajudar, agradeco.
    Francisco Marques

    ResponderEliminar
  28. Olá Francisco... Parabens pelas aves. Vê-se que cada dia só progridem.
    Vc já pode sim iniciar o ensinamento dos assovios, mas lembre-se que apenas os machos aprendem.
    Nesse site vc encontrará muitas musicas pra começar... Não ensine mais de uma ao mesmo tempo. Escolha a que achar melhor e mais fácil e mãos à obras.

    http://www.calopsitamania.com.br/gpage2.html

    ResponderEliminar
  29. Olá, meu nome e Marcos,
    Tenho um casal de calopsitas, a fêmea colocou dois ovos so que um se quebrou agora so tem um so que o macho não sai do ninho e não deixa a fêmea entra so ele esta chocando. Isso e normal esse e o primeiros ovos deles.

    Obrigado pela atenção!

    ResponderEliminar
  30. Minhas caturras estao lindas,comem de tudo(sementes,fruta,ervinhas e papas secas com sementes).
    Como brinco com elas no quintal,voam ligeiramente e voltam ao meu dedo. No passado Domingo abalou uma, que me visitava todas as tardes com chamamentos fortes. Ontém disponibilizei mais tempo e consegui apanha-la,vindo de uma antena TV de uma habitação para o meu dedo. Fiquei radiante, e penso que vou continuar, pois como durante todos estes dias sempre manteve a orientação do seu local,(telhado)penso que vou cautelosamente conseguir habitua-la ao exterior. Um abraço.
    Francisco Marques

    ResponderEliminar
  31. Olá Francisco... Vejo que suas aves estão se adaptando bem à voos exteriores...
    Acho que, já que tens confiança, deves continuar os treinos.
    Vale salientar que, se tiveres vizinhos, é bom que eles saibam de suas aves, caso alguma vá pra casa de um deles, saberão quem é o dono.
    Tbm é bom verificar, se na vizinhança, existe gatos e cachorros soltos, pois suas aves são tão dóceis, que pode ocorrer delas chegarem pertinhos desses animais e acontecer algo desagradável.
    Mas vejo que está correndo tudo lindamente... Muito bem... Fico contente. Até breve.

    ResponderEliminar
  32. Ola, tenho 2 caturas 1 macho 1 femea, eles tem ninho e normalmente poem ovos, mas depois atiram-nos para fora do ninho... não entendo porque e gostava de umas dicas para tratar deles.
    Estao na minha varanda, e parecem-me bem. ainda nao consigo que venham ter comigo a mao fogem sempre. (como a 1ª encontrei-a na rua nao sou nenhuma expert a tratar deles)
    tenho medo de noa estar a fazer as coisas bem.
    ja agora como fazer para elas voarem dentro de casa sem correr riscos de nao as apanhar para as por de volta na gaiola:)
    preciso da vossa ajuda.

    Eduarda

    ResponderEliminar
  33. Ola, aproveito para perguntar onde devo eu ter as minhas caturras dentro ou fora de casa? a que temperatura? podem estar na rua com calor e com frio?
    e como faço para elas terem confianca em mim, para virem a minha mao ou assobiarem ou ate poder "solta-las" aqui poor casa?

    Obrigada
    Eduarda

    ResponderEliminar
  34. Olá boa noite.
    Minhas caturras continuam felizes na gaiola, embora todos os dias saiam ao meu ombro para o jardim frente à minha casa. Aí, conviduas a sair e esvoaçam em largos circulos, voltando depois ao meu dedo ou para um telhado mais próximo, vindo depois ao chamamento para o meu dedo ou cabeça. Vou dando novidades.
    Um abraço
    Xico Marques

    ResponderEliminar
  35. Olá Francisco... Sempre evoluindo junto de suas aves... Isso é muito bom, denota grande interação entre ambos. Bom saber que elas delimitaram uma área de segurança e sabe exatamente até onde pode ir... Isso só mostra que as aves tem uma inteligência muito maior do que imaginamos.
    Parabéns...

    ResponderEliminar
  36. Boa Tarde. Gostaria que me ajudasse com o meu casal de caturras, têm já algum tempo juntos (2,3 anos) acasalam, têm ninho mas pôem muitos ovos e nunca nasceu nenhum filhinho... que se está a passar? obrigada. cumprimentos Sara Martins

    ResponderEliminar
  37. Olá
    Tenho um casal de caturras à cerca de 2 anos. Eles todos os anos colocam vários ovos, no entanto nunca nasceu nada. Ambos chocam os ovos e parecem cuidar bem deles. Será o macho infertil?

    ResponderEliminar
  38. boas eu tinha um caturra femea acerca de 6 meses mas entretanto arranjei um macho e estao os dois juntos na mesma gaiola. tenho notado que a femea tenta por vezes bicar o macho, por isso gostava de saber se eles terao alguma hipotese de criar?

    ResponderEliminar
  39. Olá. Eu tenho duas caturras, macho e fêmea claro... E ela pôs 4 ovos e só um eclodiu... O macho tem pouco mais que um ano... o pinto tem 3 semanas e ela esta de postura outra vez... Já pôs 2 ovos e quando está no ninho empurra o pinto e bica-o... O macho dá lhe comida na mesma... Mas temo que não seja suficiente... O que devo fazer? Devo separar o pinto e cria-lo à mão ou assim...?

    ResponderEliminar
  40. ola eu sou o rui, tenho um casal de caturras ja a 6 meses,mas nunca se enteresaram pelo ninho,nem nunca la entraram.a femea pica muito o macho por tras da cabesa, ja nem penas tem.que eide fazer??

    ResponderEliminar
  41. Tenho um casal de caturaas que mataram o filho com bicadas dias depois de nascido será que é normal?

    ResponderEliminar
  42. Macho Calopsita agressivo, e só fica dentro do ninho, só sai pra agredir a fêmea.?
    Olá, minhas calopsitas tem um ano e um mês, coloquei então o ninho, a femea botou o ovo, porém, o macho tomou posse do ninho, não deixa a femea entrar de jeito nenhum, e quando sai do ninho é para agredir a femea, ela grita muito, e eu tenho que ir correndo para separar.

    Eles não são muito mansos, as vezes ele bicava ela, mas nunca chegou a esse ponto dela gritar.

    O que devo fazer?
    Posso separar os dois?


    Obrigada.

    ResponderEliminar
  43. Boa tarde! tenho um casal. a femea tem 1 anoe 2 meses e o macho 8 meses. a femea colocou 4 ovos, mas o macho bicou 3 deles e só não bicou o 4º pq afastamos dele. porque ele faz isso? ele não choca o ovo, somente a femea faz isso e ainda destroi eles. por favor me ajudem.

    ResponderEliminar

Mensagens populares

 

blogger templates Caturras e Calopsitas